CIA DO FUBÁ

ESPETÁCULOS EM CIRCULAÇÃO

Matrioska (em produção)

A Gigantesca Barba do Mal (em produção)

Space Invaders (2017)

Poetinha Camará (2015)

A Menina Lia (2012)

Clique na foto para maiores informações

www.png
  • Facebook
  • Instagram

A CIA DO FUBÁ surgiu em 2010, dentro do Núcleo Experimental do SESI-SP, por artistas que já se conheciam da Escola de Comunicações e Artes da USP. Formado por Bruno Gavranic, Fernanda Gama e Leonardo Devitto, o grupo queria criar narrativas infantis que fossem divertidas de fazer e de assistir, sem deixar de tratar de assuntos importantes para a formação dos pequenos espectadores. 

Os primeiros trabalhos do grupo buscavam falar sobre o prazer de compartilhar histórias e a importância da literatura na vida das crianças: Que Aconteceu com Vô Quim? (2011), tinha como tema a memória e a relação entre avós e netos; A Menina Lia (2012) inspirado em Matilda, de Roald Dahl, mostrava uma garota que amava ler e usava tudo o que aprendia nos livros para vencer os desafios da sua própria vida, e Poetinha Camará (2015) mostrava um menino que descobria ao mesmo tempo o primeiro amor e os poemas de Vinicius de Moraes. 

A partir de 2016, a Cia do Fubá volta seu olhar para o público adolescente, buscando fazer peças que dialoguem com essa fase da vida tão cheia de mudanças e ainda tão pouco representada em obras teatrais. Space Invaders (2017) conta a trajetória de quatro jovens isolados em um apartamento buscando seu próprio lugar no mundo, embalados pelas músicas de David Bowie e pelo universo das HQs. Agora, o grupo se dedica a dois novos espetáculos jovens: Matrioska, peça que mostra as diferenças na adolescência de meninos e meninas, e A Gigantesca Barba do Mal, inspirado na HQ de mesmo nome e que fala sobre a aceitação do diferente em tempos de radicalismos como o que vivemos.