COLETIVA OCUPAÇÃO

Espetáculos em Circulação:

EUPÇÃO - O levante ainda não terminou (2022)

Quando Quebra Queima (2017)

Clique nas fotos para maiores informações

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Criada em 2017 por performers e artistas de diferentes idades e regiões de São Paulo, que se conheceram durante o movimento secundarista das ocupações de escolas públicas. O grupo é o encontro explosivo dessa nova subjetividade artística e política, que ocupa agora o teatro como território de criação e de novas narrativas. A coletivA ocupação vem desenvolvendo uma prática contínua de investigação de linguagem, dramaturgia própria e formação de uma poética a partir de levantes urgentes de nosso tempo.

Seu primeiro trabalho, "Quando Quebra Queima", é um espetáculo-ato que provoca e desloca novas coreografias teatrais, o que chamamos de encenação do levante.  Presentificando a experiência do real na cena, criam-se novas situações performáticas, fricção de linguagens e narrativas que encarnam o desejo de uma geração de ocupar o teatro. O nosso "QQQ" segue fazendo apresentações até hoje, já tendo circulado por vários festivais do Brasil, viajado por alguns países da Europa, feito residência artística no Battersea Arts Centre, prêmiado pela 9º edição do Prêmio Zé Renato e contemplado pela 39º edição do Fomento ao Teatro da Cidade de São Paulo.

O novo espetáculo da coletivA ocupação teve seu processo de criação iniciado em 2020, um gesto de resiliência do grupo para continuar criando e sobrevivendo num momento de catástrofes de mundos, produzindo novas formas de encantamento, em contato com outras cosmologias e formas de abordar o tempo. "ERUPÇÃO - o levante ainda não terminou" é uma ficção científica onde o presente, o passado, o futuro e as forças ancestrais da natureza estão em cena, propondo um trânsito diaspórico de cada corpo-memória dos performers para atravessar o tempo. Em 2022 estreou no festival MIRADA e agora se prepara para temporadas estrada a fora.