COLETIVO O BONDE

ESPETÁCULO EM CIRCULAÇÃO

Desfazenda - Me enterrem fora desse lugar (2021)

Clique na foto para maiores informações

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Fundado em 2017, O Bonde é um coletivo de teatro formado por artistas negros e periféricos, oriundos da Escola Livre de Teatro de Santo André e que tem como pesquisa fundante a investigação sobre o corpo negro periférico e a construção de um imaginário antirracista e potente a diversas formas de representatividade, através da pesquisa com a palavra e a narratividade, como ferramentas de acesso, denúncia e ampliação de discussões afro diaspóricas e seus desdobramentos. 

 

Em 2018 foi contemplado pela 8a edição do Prêmio Zé Renato da Secretaria Municipal de Cultura da cidade de São Paulo com a montagem do espetáculo infantil preto “Quando eu morrer, vou contar tudo a Deus” com texto de Maria Shu, direção de Ícaro Rodrigues e direção musical de Cristiano Gouveia. O espetáculo estreou em 2019 no Sesc Belenzinho, onde galgou o título de segundo espetáculo infantil - primeiro espetáculo infantil com temática negra - a esgotar bilheteria da história do teatro dessa unidade. O espetáculo foi visto por mais de 7000 pessoas, passando por estados como São Paulo, Minas Gerais e Florianópolis. Em 2020, O Bonde foi novamente contemplado pela 11a edição do prêmio Zé Renato de Teatro com a montagem da peça-filme “Desfazenda - Me enterrem fora desse lugar” com texto de Lucas Moura, direção de Roberta Estrela D’alva e direção musical de Dani Nega, estreada virtualmente em 2021 pelo Palco Virtual do Itaú Cultural, tendo seus ingressos esgotados nessa curta temporada de estreia. A peça-filme participou do Festival Midrash de Teatro/RJ e de entrevistas para o canal ARTE 1 e o Blog Deus Ateu, além de menções em blogs de crítica teatral com destaques à Dramaturgia, Elenco, Direção, Direção Musical e Iluminação. Recebeu 5 estrelas de recomendação em crítica na Folha de São Paulo e foi indicado a categoria Melhor Espetáculo pelo prêmio APCA.