TODO JUNTO - Juan Onofre           ( Argentina)

O diretor argentino Juan Onofri Barbato provoca um choque de referências ao juntar, na mesma cena, popular e erudito. Na rodoviária de Campinas, o pianista Santiago Torricelli toca fragmentos da Sonata Opus 31 nº 2 de Beethoven y música minimal original ao vivo, enquanto o dançarino Lucas Yair Araujo o acompanha com singulares y potentes movimentos da danza contemporânea y movimentos da rua. Ao propor um diálogo entre universos tão diversos, a performance provoca um estranhamento no público e evidencia as diferenças e a heterogeneidade dos corpos e trajetórias de seus intérpretes. “Esta experiência busca produzir uma acumulação de simultaneidades musicais, simbólicas, coreográficas e arquitetônicas, sem consenso nem equilíbrio entre elas. Todo Junto é um ritual tão extremo quanto provisório”, diz Barbato.
 
O espetáculo foi criado para o Ciclo Intervenciones Coreográficas, organizado pelo Fondo Nacional de Las Artes, em 2012, na Argentina, na forma de uma ocupação no que foi a casa de Victoria Ocampo (1890-1979), uma famosa escritora e intelectual da alta aristocracia do país. Depois, foi apresentado em outros nove espaços, sempre ocupações de artistas.
 
Ficha Técnica:
Performer: Lucas Yair Araujo
Música original e interpretação: Santiago Torricelli 
Músicas: Fragmentos de Sonata Opus 31 N2 L.V. Beethoven 
Foto: Sebastían Arpesella
Assistência de direção: Amparo González Sola
Ideia e direção: Juan Onofri Barbato

 

Trabalho realizado na Bienal de Dança de 2017