ÔMA, UM EX-PETÁCULO

Ôma é um jogo, só que não. Um espetáculo, mas bem de longe. Um convite a andar por universos e mundos para além de uma casa habitada por uma avatar. Uma conversa pré-programada com o silêncio ou com as inteligências nem sempre artificiais.

Criado coletivamente e isoladamente em meio à pandemia e ao caos dos dias atuais, Ôma oferece a quem joga a escolha entre duas avatares: Lala ou Tetê. Elas são a versão digital das atrizes Laíza Dantas e Tetembua Dandara que também participam do jogo de forma ao vivo e pré-programada. O ex-petáculo é uma gamificação da realidade, possibilitando ao público uma visão distanciada (por que não tragicômica?) da nossa existência.

GARANTA SEU INGRESSO 

 

DATAS:

dias 27, 28 de fev e 1, 6, 7 e 8 de março - (sábado a segunda) às 20h

Você vai precisar de um computador com google chrome para acompanhar esta programação.

Não é possível jogar do celular.

FICHA TÉCNICA


ultraVioleta_s
ultraVioleta_s é um grupo de teatro e arte tecnologia, composto por Aline Olmos, Laíza Dantas e Paula Hemsi. As componentes são atrizes, gestoras culturais, diretoras artísticas, iluminadoras, editoras de vídeo, programadoras e fotógrafas. Atualmente investigam a relação entre teatro, arte tecnologia, programação, vídeo arte e videogame. Mas tudo começou bem diferente, a companhia surgiu em 2007 chamada Academia de Palhaços na Unicamp e por sete anos pesquisou a linguagem do palhaço de picadeiro e do circo teatro brasileiro. Em 2016, com a criação do espetáculo Adeus, Palhaços Mortos, o grupo ressignificou o mergulho no teatro popular e verticalizou a intersecção entre teatro e artes visuais. Em 2019, criou o espetáculo Há Dias Que Não Morro que desdobrou a mesma busca estética ao discutir os aprisionamentos contemporâneos e colocou em cena uma dramaturgia inédita. Com carreira internacional e alguns importantes prêmios acumulados (Shell, APCA, Aplauso Brasil e outros), o grupo busca provocar fissuras artísticas no cotidiano que desequilibrem o espectador e lembrem-no de sua condição humana.

Idealização e Game Design ultraVioleta_s
Realização e roteiro Aline Olmos, Laíza Dantas, Paula Hemsi e Tetembua Dandara
Atuação vídeos Laíza Dantas e Tetembua Dandara
Trilha Sonora Paula Mirhan
Masterização Estúdio 55hz, Rui Barossi e Vinicius Scorza
Edição de vídeos e teasers Laíza Dantas
Programação e level design Paula Hemsi e Vinicius Scorza
Ilustração Sr Edaír e Tetê Alexandre de Melo Dantas
Imagens de divulgação Murilo Chevalier
Imagem de capa e identidade visual Renan Marcondes
Tradução Hillary Jo Caldis
Coordenação de Produção e Parcerias Aline Olmos
Consultoria de Parcerias Hillary Jo Caldis
Produção ultraVioleta_s, Tetembua Dandara e Corpo Rastreado
Artistas convidades com obras no game Carla Massa, Bruta Flor Filmes, Eduardo Bordinhon, Coletivo Bijari e Matias Arce

Apoio N-1 edições, Editora UBU, Goodstorage – o self storage de São Paulo

Classificação indicativa 12 anos
Duração do espetáculo 60 a 80 minutos