OS FOFOS ENCENAM

www.png

ESPETÁCULOS EM CIRCULAÇÃO

Aquilo Deu Nisso - Experimento audiovisual (2022)

Clique nas fotos para maiores informações

​​

  • Instagram

Os Fofos encenam iniciam sua trajetória em São Paulo no ano de 2001 com o espetáculo Deus Sabia de Tudo..., escrito e dirigido por Newton Moreno. Em 2003 estreiam A Mulher do Trem, comédia de circo-teatro dirigida por Fernando Neves e vencedora do Prêmio Shell de melhor Figurino. Com o incentivo da Lei de Fomento ao Teatro da Cidade de São Paulo montam, em 2005, Assombrações do Recife Velho, texto e direção de Newton Moreno a partir da obra homônima de Gilberto Freyre. Assombrações recebeu 3 indicações ao Prêmio Shell (melhor iluminação, melhor figurino e melhor direção).

Em 2007, a cia. é contemplada com a Lei de Fomento ao Teatro da cidade de São Paulo com o projeto O Ninho. Com esse subsídio, é inaugurado no bairro do Bixiga o Espaço dos Fofos, sede para atividades teatrais que muito contribuiu para o aperfeiçoamento das peças de seu repertório e das novas investidas estéticas, além de abrigar temporadas de espetáculos de companhias teatrais convidadas.

Em 2013, com recursos da Lei de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo, apresentaram o projeto Baú da Arethuzza. Com coordenação e direção de Fernando Neves, o projeto levou à cena 5 espetáculos diversos de circo-teatro. O projeto foi vencedor do Prêmio APCA 2014 (categoria especial) além de ser indicado ao Prêmio Shell na categoria inovação. Em 2015, Os Fofos são contemplados novamente pela lei de Fomento ao Teatro para a realização do projeto de pesquisa inspirado na obra de Brecht. Com dramaturgia inédita de Cássio Pires, realizam O deus da Cidade e compõem a última temporada do grupo em sua sede, entregue em janeiro de 2017.

​​